TREINAMENTO DE ENTRADA INADVERTIDA EM CONDIÇÕES METEOROLÓGICAS DE VOO POR INSTRUMENTOS PARA PILOTOS DE HELICÓPTEROS DA POLÍCIA MILITAR DO DISTRITO FEDERAL COMO PREVENÇÃO DE ACIDENTES AERONÁUTICOS

  • Deroci Barbosa Ximendes Júnior

Resumo

Este artigo busca compreender os riscos à segurança de voo pela ausência do treinamento de entrada inadvertida em condições meteorológicas de voo por instrumento para pilotos de helicópteros da Polícia Militar do Distrito Federal - PMDF, seja no processo de formação ou de manutenção de proficiência dos referidos pilotos. Faz uma breve apresentação sobre a aviação e o treinamento de pilotos de helicóptero na PMDF. Explica quais os sistemas que o corpo humano utiliza para se orientar e como a perda das referências visuais pode levar o piloto à perigosa condição de desorientação espacial durante o voo e, por fim, esclarece o que é uma entrada inadvertida em condições meteorológicas de voo por instrumento, suas consequências, como evitar e como se preparar para sobreviver a este evento, considerando o risco potencializado quando se trata de aeronaves que operam em missões policiais, pois os voos geralmente ocorrem em baixa altura. A pesquisa foi exploratória e explicativa, com levantamentos bibliográficos, questionário aplicado a pilotos e experimento que reproduziu, de forma controlada, as reações dos pilotos durante os eventos, tendo sido possível comprovar a importância do treinamento de entrada inadvertida em condições meteorológicas de voo por instrumento para pilotos de helicópteros da PMDF, tanto na formação como na capacitação continuada.

Publicado
2021-08-18
Como Citar
Barbosa Ximendes JúniorD. (2021). TREINAMENTO DE ENTRADA INADVERTIDA EM CONDIÇÕES METEOROLÓGICAS DE VOO POR INSTRUMENTOS PARA PILOTOS DE HELICÓPTEROS DA POLÍCIA MILITAR DO DISTRITO FEDERAL COMO PREVENÇÃO DE ACIDENTES AERONÁUTICOS. Revista Ciência & Polícia, 7(1), 56 - 86. Recuperado de https://revista.iscp.edu.br/index.php/rcp/article/view/161